Manchetes dos principais Jornais do Brasil 25-04-2019

Acompanhe as principais manchetes do país.

Artes: Maria Heifer

Manchete do Jornal Correio Brasiliense de Brasília Distrito Federal:

Falta de energia atinge, ao menos, seis cidades do DF nesta quarta-feira. Apagão começou pouco antes das 22h desta quarta-feira. Ainda não há informações do que pode ter motivado a interrupção do serviço.

Manchete do Jornal O Popular principal Jornal do estado de Goiás:

SISTEMA PRISIONAL. Estrutura facilitou fuga na CPP, em Aparecida de Goiânia. 24 presos fugiram durante motim na noite de terça-feira. 13 estão foragidos e um morto.

Manchete do Jornal O Estado de Minas de Minas Gerais:

Metrô de BH: aumento da tarifa será escalonado até 2020 e vai chegar a R$ 4,25. A decisão aconteceu durante uma audiência de conciliação realizada na Justiça Federal. Em março de 2020, no fim do reajuste, a tarifa vai chegar a R$ 4,25, acima de 88%, que era o valor inicial da alta.

Manchete do Jornal Correio do Estado de Campo Grande Mato Grosso do Sul:

DIFICULDADE. Sem abono ou reajuste, servidores estaduais da área de segurança pública se retiraram da mesa de negociação salarial com governo. Proposta foi apresentada pelo secretário de Administração Roberto Hashioka ao afirmar que, além da extinção de abono de R$ 200 no mês de maio, não será concedido reajuste em 2019.

Manchete do Jornal O Dia do Rio de Janeiro:

Rennan da Penha se entrega em delegacia do Rio. Rennan foi condenado no dia 15 de março, por associação para o tráfico, com pena prevista de 6 anos e 8 meses em regime fechado. Ele era considerado um foragido pela polícia do Rio.

Manchete do Jornal O Estado de São Paulo:

Mudança nas aposentadorias. Na TV, Bolsonaro agradece a Maia por aprovação da Nova Previdência na CCJ. Presidente da Câmara tenta acelerar Comissão Especial para analisar a proposta.

Manchete do Jornal Zero Hora de Porto Alegre Rio Grande do Sul:

DISCUSSÕES. Exigências de deputados do centrão podem reduzir em R$ 228,5 bilhões economia da reforma da Previdência. Grupo pode derrubar até sete pontos da proposta enviada ao Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro.

Manchete do Jornal Diário Catarinense de Florianópolis:

PEC DA SAÚDE. Deputados dizem que 15% da saúde estão assegurados no orçamento de Santa Catarina. O governo Moisés da Silva não poderá reduzir as verbas públicas para educação. Se quiser reduzir os percentuais terá que submeter projeto ao Legislativo, pois os 15% estão já inseridos no orçamento. Ao longo do ano poderão ocorrer reduções e transferências, mas no balanço anual os recursos não poderão ser inferiores aos 15%.

Manchete do Jornal Folha de Londrina:

Apesar de ordem para baixar, concessionárias mantêm preços de pedágio no Paraná. Apesar da decisão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) que determinou a redução nas tarifas praticadas por duas pedagiadoras do Paraná, o valor ainda não foi aplicado nas praças de cobrança da Viapar e da Caminhos do Paraná até as 11h30 desta quarta-feira (24). A condenação em segunda instância atende a pedidos formulados dentro da Operação Integração, fase da Lava Jato que investigou pagamentos de propinas em troca de aditivos que aumentavam a tarifa e reduziam obrigações contratuais das concessionárias.

Manchete do Jornal Gazeta do Povo de Curitiba em sua versão online:

Montadoras de veículos e governo devem negociar a redução do ‘custo Brasil’. A retomada definitiva da indústria automotiva no Brasil após a grave crise que derrubou o setor passa, principalmente, pela simplificação da carga tributária.  Se isso ocorrer, daqui a três anos será possível vislumbrar um mercado mais robusto. Foi com esse discurso que a nova diretoria da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) tomou posse nesta terça-feira (23) para o próximo triênio 2019-2022.

Manchete do Jornal Tribuna do Paraná de Curitiba:

PROMESSA. Residência de luxo do governo em ilha no Paraná vai virar escola. Em sua campanha eleitoral, Ratinho Jr prometeu “acabar com a ilha”, que classificava como exemplo de mordomia. Fruto de um cabo de guerra entre os então dois principais candidatos ao governo do Paraná na última eleição, a Ilha das Cobras, na Baía de Paranaguá, ganhará uma escola de gastronomia e hotelaria voltada ao desenvolvimento dos profissionais que atuam no Litoral do Paraná.

Manchete do Jornal Folha do Litoral News de Paranaguá:

Detran passa a fazer agendamento prévio para serviços ofertados em Paranaguá. O serviço de agendamento para atendimento presencial será implantado nas demais Ciretrans, gradualmente, ao longo deste ano. Nos municípios que ainda não possuem esse serviço, o atendimento é por ordem de chegada.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *