Guaratuba: Radar da PRF flagra motorista a 161km/h em trecho de serra onde velocidade máxima é de 80km/h

Multa chega a R$ 880 e motorista pode perder o direito de dirigir / Foto: PRF

Multa chega a R$ 880 e motorista pode perder o direito de dirigir.

Com radar portátil, policiais rodoviários federais registraram o flagrante na BR-376, em Guaratuba (PR), nesta quarta (20) pela manhã.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na manhã desta quarta-feira (20) um carro a 161 quilômetros por hora em um trecho da BR-376 onde o limite máximo de velocidade é 80 km/h. O carro transitava em velocidade superior ao dobro permitido no local.

Se liga nessa: Carro com placa de Paranaguá é apreendido com mais de 190kg de maconha

O trecho onde o radar portátil da PRF estava em operação está localizado na parte final da descida da Serra do Mar, no município de Guaratuba (PR).

O proprietário do carro, um Volskwagen Passat, receberá pelos Correios uma notificação de infração de trânsito de natureza gravíssima, no valor de R$ 880.

Além da multa, ele responderá um processo administrativo de suspensão da carteira de motorista. O prazo dessa suspensão varia de dois a oito meses, mas pode chegar a um ano e meio, em caso de reincidência.

+ 1ª Feira para Mulheres Empreendedoras acontecerá em Paranaguá

A PRF informa que velocidade incompatível foi a terceira principal causa de mortes em rodovias federais ao longo de 2018 no Paraná.

Multa chega a R$ 880 e motorista pode perder o direito de dirigir / Foto: PRF

Pelo menos 15,5% das 490 pessoas que morreram no período foram vítimas de acidentes provocados por excesso de velocidade.

Quem eventualmente presenciar algum tipo de situação de risco ou imprudência nas rodovias federais de todo o país pode acionar a PRF pelo telefone de emergência 191.

A PRF prioriza os trechos onde há maior incidência de acidentes graves para realizar suas operações de controle de velocidade.

Continue bem informado: Difusora Mais FM

Informações da PRF

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *