Vídeo do “Abraço ao Santuário do Rocio” encanta as redes sociais


Centenas de pessoas circundaram a igreja para demonstrar gratidão e respeito ao lugar. / Foto: PASCOM Rocio

No último domingo, 10 de março, o GAP Rocio (Grupo de apoio popular ao Santuário do Rocio), realizou o “Dia do Abraço”.

Centenas de pessoas circundaram a igreja para demonstrar gratidão e respeito ao lugar.

Os devotos, os moradores de Paranaguá, representantes de entidades sociais e apoiadores do Santuário, de mãos dadas, formaram um círculo em todo o entorno da Igreja santuário.


Centenas de pessoas circundaram a igreja para demonstrar gratidão e respeito ao lugar. / Foto: PASCOM Rocio

Um vídeo feito no momento do “Abraço” viralizou na internet e recebeu o apoio de muitos.

O objetivo foi demonstrar que desejam proteger o local de qualquer perigo, de qualquer abandono, além de exigir melhorias e cuidados para o Santuário e o entorno.

Se liga nessa: “Operação Pesadelo Verde”: Quatro pessoas são presas

Um local muito conhecido e importante para todo o estado do Paraná.

No mês de fevereiro, houve uma audiência pública onde o Ibama apresentou o pedido de licenciamento feito pela a Administração dos Portos do Paraná para ampliar piers, um deles bem próximo ao Santuário.

Na audiência o reitor e outras pessoas da comunidade se manifestaram sobre a necessidade de proteção e de ações para permitir que os fiéis, os romeiros e os turistas frequentem o local.

A diretoria do Porto, fez uma reunião com o reitor onde combinou de apresentar um projeto de melhorias no acesso, na praça e no entorno e, em nova reunião, apresentá-lo para a comunidade.

Entretanto o grupo de apoio firmou que não devia ficar desmobilizado, conseguiu milhares de assinaturas para pedir uma nova audiência e agendou o “Abraço”.

A história da devoção à Senhora do Rocio, em mais 360 anos. Assim como a imagem de Aparecida, foi encontrada nas águas, por um pescador.

No final do século XVII, um negro conhecido como “Pai Berê” encontrou na baía de Paranaguá a imagem de 35 centímetros de Nossa Senhora do Rosário.

Soube dessa? Acidentes: Vazadas em série ocorreram na BR277

A peça, esculpida de forma singela, posteriormente ficou conhecida sob o título de Nossa Senhora do Rocio.

O nome Rocio (pronunciada com entonação na última sílaba) pode ter sido colocado pelo local onde foi encontrada.

Rocio era o nome dado ao “finalzinho” das vilas coloniais já próximo à mata fechada. Outra versão dá conta que o nome foi dado porque gotas se formaram na imagem ao ser retirada da água.

No português arcaico “Rossio” é orvalho, por isso sua principal representação é em uma gota.


Centenas de pessoas circundaram a igreja para demonstrar gratidão e respeito ao lugar. / Foto: PASCOM Rocio

A igreja do local está prestes a completar seu primeiro centenário. Foi inaugurada em 1920 com o melhor da arquitetura da época.

Em 1977, com o Papa Paulo VI, a Santa Sé emitiu um decreto oficializando para toda a Igreja Católica, Nossa Senhora do Rocio como Padroeira do Estado do Paraná “ad aeternum” (para sempre, em latim).

Em 1999 uma lei tornou o local um polo de turismo religioso do Paraná, em 2003 foi elevado à categoria de Santuário Estadual, desta vez na esfera religiosa, sob aprovação de todos os bispos do estado.

ATENÇÃO: Nota Informativa

A festa da padroeira, celebrada há 205 anos, acontece atualmente no dia 15 de novembro. Está incluída no calendário oficial do município desde 2007 e do estado desde 2014.

Em 2018, a procissão solene, quando a imagem é conduzida até a catedral por milhares de pessoas, passou a ser reconhecida como patrimônio cultural imaterial do município de Paranaguá.

O reitor, Missionário Redentorista, Padre Dirson Gonçalves, recentemente lançou oo lema: “Rocio, lugar sagrado dos paranaenses”.


Centenas de pessoas circundaram a igreja para demonstrar gratidão e respeito ao lugar. / Foto: PASCOM Rocio

Assim desenha-se o objetivo de aumentar a quantidade de romeiros, tornar mais conhecida a devoção e desenvolver todas as atividades do Santuário.

A mobilização da comunidade foi considerada uma bonita demonstração de carinho e gratidão.

Qualquer intervenção, segundo o grupo, precisa respeitar o Santuário do Rocio com sua importância religiosa, histórica, cultural e econômica.

(Pascom Santuário do Rocio – fotos Giolete Babinski)

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *