Cenas Fortes: Divulgado o vídeo de noiva que morreu em queda de aeronave em São Paulo

Via G1

A câmera de pequeno porte que estava dentro do helicóptero que levava a noiva Rosemeire Nascimento Silva, de 32 anos, para seu casamento em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, foi encontrada em meio à mata apenas quatro dias depois da queda por um irmão da noiva. Ele procurava pertences pessoais de Rosemeire e a aliança do outro irmão deles, Silvano Nascimento da Silva, que acompanhava a noiva no voo. Além dos dois, o piloto e uma fotógrafa morreram. O acidente aconteceu no domingo (3) de dezembro de 2016.

A câmera gravou todo o percurso – desde a decolagem no hangar da empresa proprietária da aeronave, a HCS Táxi Aéreo, em Osasco, também na região metropolitana de São Paulo, até a queda. A pequena câmera era levada pela fotógrafa Nayla Cristina Neves Lousada, que também estava na aeronave, e havia sido contratada por Rosemeire para registrar a celebração.

Nayla estava sentada ao lado do piloto do helicóptero Robinson 44, prefixo PR-TUN, e fixou, durante o voo de pouco mais de 25 minutos, a câmera à sua frente, virada para a noiva e seu irmão. Os dois estavam sentados nos bancos traseiros do helicóptero. Nayla estava grávida de 6 meses e tinha também duas filhas.

Nos 5 minutos finais de voo, quando o piloto Peterson Pinheiro começa a ter dificuldades de controlar a aeronave, realizando manobras, Nayla vira com frequência o equipamento, mostrando o painel de navegação. As imagens retratam ainda o cenário de neblina forte e pouca visibilidade do ambiente externo.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *