admin

A Polícia Federal deflagrou hoje (26/9) a 55ª fase da Operação Lava Jato

 A Operação Integração II, operou em quatro estados.

Foto: Agência de Notícias Polícia Federal.

A investigação policial tem como foco a apuração de casos de corrupção ligados aos procedimentos de concessão de rodovias federais no Estado do Paraná que fazem parte do chamado Anel da Integração.

Policiais federais, Auditores da Receita Federal e Membros do Ministério Público Federal participam da ação realizada simultaneamente nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo. Aproximadamente 400 servidores públicos participam das ações de hoje. Estão sendo cumpridos 73 mandados de busca e apreensão, 3 mandados de prisão preventiva e 16 mandados de prisão temporária.

A partir da deflagração da primeira fase da Operação Integração, com o avanço das investigações, da análise de todas as provas reunidas e dos acordos de colaboração premiada firmados por alguns investigados foi possível identificar a existências de núcleos específicos e organizados que atuavam de forma criminosa para explorar e obter benefícios indevidos a partir dos contratos de concessão de rodovias federais no Paraná.

Foto: Agência de Notícias Polícia Federal.

Foram identificados os núcleos político, técnico, empresarial e de operadores financeiros. O primeiro é composto por altas autoridades do Governo do Paraná, que agiam praticando atos de ofício em benefício das concessionárias, além de realizar influência política junto aos órgãos técnicos. O segundo era composto por agentes públicos com estreita ligação com as empresas contratadas. Atuava na elaboração de aditivos contratuais fraudulentos, na formulação de planilhas para criar um suposto desequilíbrio econômico-financeiro em favor das concessionárias, assim como fiscalizavam as obras para poder obter ainda mais benefícios financeiros – propina. O grupo empresarial era formado por funcionários, diretores e presidentes das concessionárias, que se organizavam para ratear o pagamento de propina, propor aditivos com base em desequilíbrio econômico-financeiro fraudulento, cobrar do governo ajustes, o andamento ágil dos pareceres técnicos e a contratação dos aditivos, além de criar contratos de prestação de serviço fictícios com empresas – algumas indicadas pelo próprio Governo – para produção de dinheiro em espécie e, assim,  ocultar o pagamento da propina, inclusive com depósitos em empresas que mantinham vínculos com agentes públicos. Por fim, o grupo formado por operadores financeiros era composto por pessoas ligadas aos empresários, tanto das concessionárias quanto das contratadas para prestação de serviço. Agiam para movimentar os valores em espécie, realizar depósitos e entregas de dinheiro.

Os investigados responderão pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, fraude a licitações, lavagem de dinheiro e associação criminosa, dentre outros.

Todos os presos serão conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR, onde permanecerão à disposição do Juízo da 23ª Vara Federal de Curitiba/PR.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h00, no auditório da sede da Polícia Federal em Curitiba/PR.

 

Fonte: Agência de Notícias Polícia Federal.

Compartilhar:

Ratinho Junior apresenta propostas para o litoral e garante a extinção do Colit

Candidato Ratinho Junior (PSD)

 

O candidato Ratinho Junior (PSD) apresentou suas propostas para o litoral nesta quarta (26) na série de entrevistas da Difusora Mais FM com os pretendentes ao cargo de governador do Paraná. Ele foi o último, dos oito concorrentes, a participar da rodada de perguntas no Jornal da Manhã.

Ratinho Junior falou do momento delicado que vive o litoral em relação a segurança pública e garantiu que se eleito vai transformar a polícia do Paraná na mais modernas do Brasil. Ele  prometeu criar o projeto Cidade de Polícia, que trata-se de um centro de inteligência e planejamento de segurança pública. O candidato também se comprometeu em desenvolver o projeto Olho Vivo, que consiste em centrais regionais de monitoramento com câmeras de segurança espalhadas por todo o litoral. A construção de uma penitenciaria na região e a implantação do programa Escola Segura, que pretende colocar policiais da reserva na porta das escolas, foram outras propostas apresentadas.

Em relação ao Terminal Marítimo, Ratinho defendeu uma aproximação da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina com os municípios do litoral. O candidato citou como exemplo o Porto de Itajaí – Santa Catarina, que colaborou muito com o desenvolvimento da cidade que o abriga. Ele garantiu ainda que vai melhorar os acessos à Paranaguá, com mais viadutos, sinalização e iluminação pública.

Thiago Campos e Alexandre Motta os estúdios da Rádio Difusora Mais FM 104.7.

Ratinho Junior disse concordar com a instalação do Porto em Pontal do Paraná, ressaltando que este será uma ferramenta importante para o desenvolvimento da região e para a competitividade com portos de outros estados.

O candidato do PSD prometeu acabar com a burocracia para facilitar investimentos na região e garantiu que vai encerrar as atividades do Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense (Colit), que, de acordo com ele, atrapalha o desenvolvimento.

Entre outras propostas o candidato do PSD afirmou ainda que vai reservar 35% da verba de publicidade e propaganda do governo para divulgar as belezas do Paraná por todo o Brasil.

Candidatos a Governo do Estado do Paraná, seguindo a ordem da entrevista. / Difusora Mais FM 104.7.

Série de entrevistas

A Difusora Mais FM foi a única emissora de rádio do litoral paranaense a exibir uma série de entrevistas com os candidatos ao governo do Estado, com produção própria.  Os jornalistas Alexandre Motta e Thiago Campos  conversaram com os pretendentes ao cargo com enfoque nas demandas da região. Todos os concorrentes foram convidados a participar da série e oito confirmaram participação.

Todas as entrevistas foram realizadas por telefone e para garantir a isonomia, foram feitas as mesmas perguntas a todos os entrevistados, sempre com foco em assuntos relacionados ao litoral. Foram cinco questionamentos, com dois minutos para as respostas dos candidatos e mais um minuto para a consideração final de cada um.

Compartilhar:

VI Festival de Teatro de Pontal do Paraná acontece de 18 a 28 de outubro

Festival de Teatro de Pontal do Paraná apresenta sua programação oficial

Foto: Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná.

O Tradicional Festival de Teatro de Pontal do Paraná chega a sua sexta edição, com diversas apresentações das companhias de todos os cantos do estado.

O festival acontece do dia 18 até 28 de outubro. Segundo o prefeito Marcos Fioravanti, o festival traz diversos tipos de espetáculos, onde quem ganha com isso é a população pontalense, que vai conferir toda a magia do teatro durante onze dias de festival.

Também reitera as boas vindas às companhias, destacando que o festival fomentará o comércio e turismo de nossa cidade.

 

Programação Oficial

18/10/2018 – Quinta-feira

18h – Tributo à Adoniram Barbosa

20h – Júri Popular (Mandirituba) Adulto

 

19/10/2018 – Sexta-feira

15h – As viagens no tempo do Dr. Francis Francis (Curitiba) Infantil

20h – A peleja do Coroné contra o Caba Danado (Pontal do PR) Adulto

 

20/10/2018 – Sábado

15h – Risas Y Sonrisas (Curitiba) Infantil

20h – Três casamentos e um Fantasma (Arapongas) Adulto

 

21/10/2018 – Domingo

15h – Romeu e Julieta para crianças (Curitiba) Infantil

20h – O Mundo é bão Sebastião (Palmeira) Adulto

 

22/10/2018 – Segunda-feira

9:30h – A historieta de Romeu e Julieta (Pontal do PR) Infantil

15h – A Fabulosa história de nós mesmos ou o Encantado e esquecido

Conto de quem somos (Curitiba) Infantil

20h – Momentos (Colombo) Adulto

Foto: Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná.

23/10/2018 – Terça-feira

9:30h – Quem roubou o Branco do Mundo (Pontal do PR) Infantil

20h – Árvores e Pérolas (Curitiba) Adulto

 

24/10/2018 – Quarta-feira

9:30h – Chapeuzinho Quer Casar (Pontal do PR) Infantil

15h – Oliver Twist (Curitiba) Infantil

20h – Rock também sou autor dessa história (São José dos Pinhais) Adulto

 

25/10/2018 – Quinta-feira

9:30h – Somos Fortes (São José dos Pinhais) Infantil

15h – Aquarela (Cruzeiro do Oeste) Infantil

18h – Meros Mortais (Curitiba) Adulto

21h – Desencantos (Ponta Grossa) Adulto

 

26/10/2018 – Sexta-feira

9:30h – Inocência roubada (Pontal do PR) Infantil

15h – O Conto das Contas (Cruzeiro do Oeste) Infantil

20h – Nem tudo foram flores (Jundiaí) Adulto

 

27/10/2018 – Sábado

15h – Continuum (Paranaguá) Infantil

20h – Kitsune (Curitiba) Adulto

 

28/10/2018 – Domingo

15h – Saltimbancos (Pontal do PR) Infantil

20h – Tribunal de Sangue (Arapongas) Adulto

 

Fonte: Prefeitura de Pontal do Paraná

Compartilhar:

Aplicativo Pardal já possui 10.275 denúncias eleitorais em apenas 1 mês de funcionamento

Conforme os dados, o estado de São Paulo é o que mais possui incidência dessas denúncias, com exatamente 1.372 registros.

Foto: TSE (Tribunal Superior Eleitoral)

Há algumas semanas, realizamos um matéria falando sobre as funcionalidades do aplicativo (app) Pardal, onde por ele você consegue fazer denúncias sobre atos de irregularidades cometidas pelos candidatos nesta época de eleição, se ainda não leu nossa matéria clique aqui e veja na integra.

Com um mês de funcionamento, o app já registrou exatamente 10.275 denúncias de irregularidades que os candidatos cometeram durante o período eleitoral. Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as ocorrências mais comuns são: propaganda eleitoral (6.839 notificações), seguidas de crimes eleitorais (1.376 notificações), outros crimes (921 notificações), compras de votos (238 notificações) e doações e gastos eleitorais (89 notificações). Esses dados foram coletados a partir de um boletim divulgado às 18h desta última segunda-feira (24).

Conforme os dados, o estado de São Paulo é o que mais possui incidência dessas denúncias, com exatamente 1.372 registros. O segundo lugar é ocupado pelo estado de Pernambuco, com 1.178 denúncias. Em relação aos cargos em disputa nestas eleições, a maior parte das denúncias envolve campanhas de deputado estadual (2.805), seguidas de campanhas de deputado federal (1.798) e governadores (674).

Além do aplicativo móvel, é possível também fazer as denúncias via computador, isso porque o app tem uma interface disponibilizada também para as web e está disponibilizadas nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais para envio e acompanhamento das notícias sobre irregularidades.

Compartilhar:

João Arruda critica gestões anteriores e defende investimentos do Porto em Paranaguá

João Arruda (MDB)

O candidato João Arruda (MDB) apresentou suas propostas para o litoral nesta terça (25) na série de entrevistas da Difusora Mais FM com os pretendentes ao cargo de governador do Paraná. Sete candidatos já foram ouvidos e quarta (26) será a vez de Ratinho Junior, que encerra a série.

Em relação a segurança pública, João Arruda fez duras criticas ao atual governo e garantiu que se eleito colocará a polícia na rua em todo o litoral. O candidato afirmou que implantará a Polícia Comunitária e que não faltará mais estrutura de trabalho aos agentes de segurança.

O candidato do MDB afirmou que o porto precisa investir na infraestrutura de Paranaguá. Arruda disse que enquanto foi deputado defendeu e votou para que o terminal paranaense pudesse investir em qualidade de vida aos parnanguaras. Ele garantiu ainda a implantação de oito novos berços de atracação no complexo portuário e a adaptação para que o complexo graneleiro possa receber navios de passageiros.

Em relação a implantação do Porto em Pontal do Paraná, o candidato disse ser favorável, porém defende que sejam respeitadas as legislações ambientais, e que não sejam privilegiados apenas um grupo empresarial ou uma família.

Thiago Campos e Alexandre Motta entrevistando os candidatos a Governo do Estado do Paraná.

João Arruda afirmou que se for eleito irá garantir que se cumpra um cronograma para a liberação de licenças ambientais, sem que haja privilégios ou apadrinhamentos políticos o que, segundo ele, ocorre na atual gestão. O candidato do MDB garantiu que vai discutir a questão do acesso entre Matinhos e Guaratuba e que não vai fazer promessas mirabolantes.

 

Série de entrevistas – Nesta quarta (26) Ratinho Junior (MDB) será o último entrevistado da série.

Candidatos a Governo do Estado do Paraná, seguindo a ordem da entrevista. / Difusora Mais FM 104.7.

A Difusora Mais FM é a única emissora de rádio do litoral paranaense a exibir uma série de entrevistas com os candidatos ao governo do Estado, com produção própria.  Os jornalistas Alexandre Motta e Thiago Campos  conversam com os pretendentes ao cargo com enfoque nas demandas da região. Todos os concorrentes foram convidados a participar da série e oito confirmaram participação.

Todas as entrevistas são realizadas por telefone e para garantir a isonomia, são feitas as mesmas perguntas a todos os entrevistados, sempre com foco em assuntos relacionados ao litoral. São cinco questionamentos, com dois minutos para as respostas dos candidatos e mais um minuto para a consideração final de cada um.

Compartilhar:

Confira a lista de apps que ajudam para que seu voto seja mais consciente

Todos os apps são gratuitos.

(Appoie/Reprodução)

 

A Revista Exame separou, com base em informações sobre envolvimento em investigações, uma pequena lista de apps (aplicativos) que tem como missão ajudar os eleitores para que tenham um voto mais consciente nas urnas eletrônicas no dia das votações de 2018.

Confira os apps destacados pela revista:

App Eleitor Digital.

 

Eleitor Digital

Segundo a Exame, o app foi desenvolvido para os sistemas android e conta com entrevistas em vídeos com candidatos à presidência e ao governo de estado, assim como, nos mostra quais candidatos ao Senado estão envolvidos em processo: “O Eleitor Digital conta também com uma pesquisa que pode ser respondida para expressar sua opinião e, ao mesmo tempo, checar os resultados de cada tópico. As perguntas são sobre assuntos como porte de armas, redução da maioridade penal, liberação dos jogos de azar, descriminalização do aborto, casamento de pessoas do mesmo sexo, entre outros.” Disse a revista.

App Detector de Ficha de Político.

 

Detector de Ficha de Político

O aplicativo permite que o usuário explore se o candidato de sua escolha está envolvido em alguma investigação, pois reúne dados sobre os candidatos e políticos que estão cumprindo mandato. Ainda podem ser consultados, ex-presidentes, governadores, senadores e deputados. As informações são todas recolhidas pelo Instituto Reclame Aqui. O app está disponível para Android e iPhone.

App Eleições 2018

 

Eleições 2018

Segundo a revista: “O aplicativo tem atalhos para seções importantes do site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e também traz informações sobre os candidatos, incluindo deputados estaduais. A interface é intuitiva e seu modelo de negócio se apoia na exibição de publicidade de forma não invasiva. O aplicativo tem versão para dispositivos Android.”

App Appoie.

 

Appoie

Está disponível para Android e iPhone, e o app auxilia na procura de candidatos que tenham afinidade com você caro eleitor.

Compartilhar:

4.ª Edição da Festa Literária de Paranaguá (Flipa) iniciará amanhã, 25 de setembro

Em sua 4ª edição a Flipa promete muita cultura e conhecimento aos participantes. Este ano, o evento acontecerá de 25 a 29 de setembro e contará com vasta programação.

Foto: Prefeitura de Paranaguá.

A abertura oficial ocorrerá dia 25, às 19h, na Casa da Cultura Monsenhor Celso. A data também contará com o lançamento do livro “A medicina no banco dos réus”, do escritor e advogado Dr. Elias Mattar Assad. O livro aborda o caso da médica Virgínia Helena Soares de Souza, ex-chefe da UTI do Hospital Evangélico de Curitiba, acusada, em 2013, de ordenar a morte de pacientes. Em 2017, a médica foi absolvida de todas as acusações sem ir a júri popular.

“A abertura será na noite do dia 25, mas as atividades da 4.ª Flipa iniciam no período da tarde com Oficina de Crônicas, na Biblioteca Mário Lobo e Roda de Conversa, na Ilha do Mel. Nos demais dias de evento, várias atividades estão agendadas para a população”, ressalta a diretora do Departamento de Eventos Culturais da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Maria Ângela Plahtyn.

“Nosso intuito é aproximar a literatura da população, acrescer cultura, oportunizar às pessoas a leitura, ao debate e instigando o censo crítico e participativo dos cidadãos. Toda a população e visitantes estão convidados a participar conosco desses dias de Festa Literária”, salienta Harrison Camargo, secretário municipal de Cultura e Turismo.

A Flipa é uma realização da Prefeitura de Paranaguá por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e conta com o apoio da Biblioteca Pública do Paraná.

Programação.

 

Confira a programação da 4.ª Flipa

 

25/09 – 14h às 17h, na Biblioteca Mário Lobo

Oficina de Crônicas – Luiz Henrique Pellanda

 

15h – Fortaleza, Ilha do Mel

Roda de Conversa com Etel Frota – O herói Provisório

 

19h e 20h, na Casa da Cultura Monsenhor Celso

Abertura e lançamento do livro “A medicina no banco dos réus” do escritor e advogado Dr. Elias Mattar Assad

 

26/09 – 14h às 17h, na Biblioteca Mário Lobo

Oficina de Crônicas – Luiz Henrique Pellanda

 

19h, na Casa da Cultura Monsenhor Celso

Centro de Letras de Paranaguá “Meu Caneco”

 

27/09 – 14h às 17h, na Biblioteca Mário Lobo

Oficina de Crônicas – Luiz Henrique Pellanda

 

15h, no Céu das Artes

Teatro de Bonecos – Ruddy Castilho

 

19h e 20h, na Casa da Cultura Monsenhor Celso

Lançamento do livro “Martinho Lutero – reforma protestante e o julgamento em Worms, de Luiz Gustavo de Andrade e Janymer Picanço da Silva. Mesa redonda “desafios: escrever e formar novos leitores em Paranaguá com Deise Budant, Paulo Ras e Franco Rovero.

 

28/09 – 9h, na Biblioteca Mário Lobo

Bate papo com José Torero

 

15h, na Biblioteca Mário Lobo

Contação de Histórias “Lendas de Paranaguá”

 

19h, na Casa da Cultura Monsenhor Celso

Roda de conversa: “Formação de novos leitores”, com tatjane Garcia de Meira Albach

 

29/09 – 20h, no Largo da Casa da Cultura Monsenhor Celso

 

Encerramento da Flipa

Letra e música;

Feira de Livros;

Música com Leo Damião;

Contação de histórias e

Barreado com o chef Juan Farias

 

Fonte: Prefeitura de Paranaguá.

Compartilhar:

Giuliano Nunes personal trainer recomenda atividade física personalizada como qualidade de vida

Academia World Muscle lança promoção de apenas R$65 para ouvintes da Difusora Mais. Em entrevista ao programa Esporte Total, Giuliano Nunes falou dos benefícios da academia, do atendimento personalizado e garantiu promoção aos ouvintes do programa.

O empresário Giuliano Nunes, diretor da academia Word Muscle, participou do programa Esporte Total da Difusora Mais FM na sexta (21). Entrevistado por Alexandre Motta, Thiago Campos e Léo Schreiber, o personal trainer se mostrou à vontade e respondeu perguntas de ouvintes sobre treinamento e alimentação saudável.

Durante o programa, surpreendeu lançando uma promoção. A mensalidade da prática de musculação na Word Muscle custa R$ 80 mensais e já estava com desconto para ouvintes Difusora Mais/Esporte Total a R$ 70. Ao vivo, Giuliano garantiu que a promoção ficaria ainda melhor para os ouvintes e lançou um novo preço, apenas R$ 65 mensais.

Personal trainer Juliano Nunes da Academia Word e Alexandre Motta nos estúdios da Rádio Difusora Mais FM 104.7.

Quer melhorar sua qualidade de vida? Vá para a Word Muscle, que faz parte de uma grande família de academias tradicionais na cidade de Paranaguá, sempre visando qualidade de vida aos seus clientes.

A Word Muscle, localizada no bairro Parque São João, é uma academia bem completa e oferta atividades de musculação, condicionamento físico, funcional e treinamento personalizado, conforme necessidade do praticante. Abre das 6 às 22h45 e sempre tem um horário para quem quer ficar em dia com o corpo, a saúde e a atividade física.

Giuliano explicou também que a academia está em expansão e implantou um projeto para ofertar várias modalidades, incluindo artes marciais. “Não só musculação, mas agora também temos ginástica localizada, treinamento funcional, karatê feminino e masculino e jiu jitsu, todas ofertadas pela Word aos nossos alunos”, explica Giuliano.

TREINOS: Inicialmente ele diz que prefere conversar com os novos alunos para entender as necessidades de cada um e individualizar os treinamentos. Portanto ganhar condicionamento exige esforço, assim como perder peso e obter melhor qualidade de vida. “A Word Muscle é parceira nessa busca por melhor qualidade de vida”, completa Giuliano.

PROMOÇÃO: A mensalidade na academia Word Muscle custa R$ 80 e já estava em promoção para os ouvintes Difusora Mais/Esporte Total por R$ 70. Agora custa apenas R$ 65 mensais. Basta ir à academia. Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, 3693. Parque São João, Paranaguá-PR. Telefone (41) 3423-0068. Giuliano Nunes (41) 984-032-779.

Alexandre Motta, Personal trainer Juliano Nunes da Academia Word, Thiago Campos e Leonardsen Schreiber, nos estúdios da Rádio Difusora Mais FM 104.7

 

Compartilhar:

Prazo para tirar 2º via do título eleitoral termina nesta quinta 27 de setembro

A previsão consta no artigo 52 do Código Eleitoral.

Multas devem ser pagas por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) emitida pelo cartório eleitoral e podem variar de R$ 1,05 a R$ 35,14. / Foto: TSE.

Termina nesta quinta-feira (27), dez dias antes do primeiro turno do pleito, o prazo para o eleitor solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral da zona onde está cadastrado. A previsão consta no artigo 52 do Código Eleitoral.

É importante ressaltar que, para a emissão da segunda via do título, o eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos pendentes, como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário, ou ainda ter recebido multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), da Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e leis conexas.

Multas devem ser pagas por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) emitida pelo cartório eleitoral e podem variar de R$ 1,05 a R$ 35,14.

Outros documentos

O título de eleitor não é o único documento que possibilita a participação nas eleições. O eleitor pode se apresentar à mesa de votação trazendo consigo qualquer documento oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou o passaporte, por exemplo.

O cidadão cuja inscrição eleitoral estiver em situação regular tem como alternativa ao título de papel a versão digital do documento, que pode ser obtida gratuitamente por meio do aplicativo e-Título, disponível para dispositivos móveis nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

O e-Título também serve como documento de identificação do eleitor caso ele já tenha feito o recadastramento biométrico. Isso porque a versão digital será baixada com foto, o que dispensa a apresentação de outro documento de identificação no momento do voto.

Foto: TSE.

O aplicativo informa o local de votação e, por meio de ferramentas de geolocalização, guia o usuário até sua seção eleitoral. Além disso, ele também oferece serviços como a emissão de certidões de quitação eleitoral e negativa de crimes eleitorais.

O local de votação também pode ser conhecido no portal do TSE, por meio da seção Serviços ao eleitor > Título de eleitor > Título e local de votação. A consulta pode ser feita pelo nome do eleitor ou número do título, data de nascimento e nome da mãe.

Os eleitores que perderam o prazo final do alistamento, no dia 9 de maio, não poderão votar nas Eleições de 2018. Essa foi a data limite para requererem inscrição eleitoral, transferência de domicílio, alteração de título eleitoral ou transferência para seção eleitoral especial (eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida). Os eleitores com deficiência ou dificuldade de locomoção que perderam o prazo ou pessoas que passaram a ter essa condição após 9 de maio também puderam requerer a transferência do local de votação do dia 17 de agosto até o dia 23 de agosto.

 

Fonte: TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Compartilhar:

Ivan Bernardo defende a desmilitarização da polícia e a legalização das drogas

Ivan Bernardo PSTU / Foto: reprodução internet.

O candidato Ivan Bernardo (PSTU) apresentou suas propostas para o litoral nesta segunda (24) na série de entrevistas da Difusora Mais FM com os pretendentes ao cargo de governador do Paraná. As entrevistas começaram a ser exibidas dia 17, no Jornal da Manhã, das 8 às 9 horas.

Para Ivan Bernardo a única forma de melhorar a segurança publica é através da geração de empregos. Ele afirma que não é uma questão policial e sim social. Entre as propostas para o setor ele citou desmilitarizar a polícia, que classificou como extremamente bruta, e a legalização das drogas para acabar com o tráfico.

O candidato do PSTU defende o porto 100% estatal e disse ser contra a parceria público-privada que, segundo ele, tem gerado mais corrupção. Ele afirmou que é necessário maior investimento no transporte ferroviário e a também a estatização do agronegócio.

Thiago Campos e Alexandre Motta os estúdios da Rádio Difusora Mais FM 104.7.

Em relação à implantação do Porto de Pontal do Paraná Ivan Bernardo se mostrou totalmente contrário, defendendo que não existe a necessidade de se construir novos portos no Brasil. Já quanto aos entraves ambientais e questões burocráticas para instalação de novos empreendimentos, Ivan Bernardo disse que a prioridade será o meio ambiente, inclusive com a intenção de estatizar toda e qualquer empresa que possa incorrer em infrações que venham a ofender o meio ambiente. “Não iremos atender aos interesses dos grandes empresários que só visam lucros. Os empresários estão pouco preocupados se estão aumentando o aquecimento global, acabando com os biomas, a fauna e a flora, só pensam no lucro”, declarou, enfatizando também ser contra a construção de novos viadutos e pontes no litoral.

 

Série de entrevistas – Nesta terça (25) João Arruda (MDB) será o entrevistado. Na quarta (26) será a vez do candidato Ratinho Junior (PSD).

 

Candidatos a Governo do Estado do Paraná, seguindo a ordem da entrevista. / Difusora Mais FM 104.7.

A Difusora Mais FM é a única emissora de rádio do litoral paranaense a exibir uma série de entrevistas com os candidatos ao governo do Estado, com produção própria.  Os jornalistas Alexandre Motta e Thiago Campos  conversam com os pretendentes ao cargo com enfoque nas demandas da região. Todos os concorrentes foram convidados a participar da série e oito confirmaram participação.

Todas as entrevistas são realizadas por telefone e para garantir a isonomia, são feitas as mesmas perguntas a todos os entrevistados, sempre com foco em assuntos relacionados ao litoral. São cinco questionamentos, com dois minutos para as respostas dos candidatos e mais um minuto para a consideração final de cada um.

 

Compartilhar: