admin

Saúde: Brasil aprova a chegada da vacina contra a Meningite B

SAÚDE

A vacina é indicada para a imunização ativa de pessoas com idade entre 10 e 25 anos.

Brasil aprova a chegada da vacina contra a Meningite B foto: reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de mais uma vacina contra a meningite B. A Trumenba – nome do novo medicamento – é indicada para a imunização ativa de pessoas com idade entre 10 e 25 anos.

A imunização previne contra o processo inflamatório das meninges, isto é, das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Essa inflamação, no caso da meningite B, é causada por uma bactéria chamada Neisseria meningitidis dos sorogrupos B.

A Trumenba é uma vacina adsorvida, que contém dois antígenos. Já a Bexsero, que, até então, era a única vacina contra meningite B registrada no Brasil, é uma vacina adsorvida que contém quatro antígenos e é indicada para a imunização de indivíduos a partir de 2 meses a 50 anos de idade.

Brasil aprova a chegada da vacina contra a Meningite B / Foto reprodução

Meningite B

A bactéria Neisseria meningitidis, que causa meningite, é um patógeno exclusivamente humano que infecta o trato respiratório superior (parte externa do nariz, cavidade nasal, faringe, laringe e parte superior da traqueia). Em alguns indivíduos, o micro-organismo pode causar doenças sérias e potencialmente fatais.

A transmissão da bactéria ocorre por contato com gotículas originadas no trato respiratório superior. Em certas circunstâncias, ainda não totalmente compreendidas, a bactéria é capaz de invadir o hospedeiro humano, levando à bacteremia (presença de bactérias na corrente sanguínea), que então se manifesta como doença invasiva meningocócica potencialmente fatal.

 

Fonte: Anvisa.

Compartilhar:

Alerta: Jovem morre eletrocutado após utilizar o dispositivo enquanto carregava na tomada

PERIGO

De acordo com o atestado de óbito, indica-se que o adolescente morreu após uma parada cardíaca, mas um laudo com mais detalhes ainda será entregue a família.

Jovem morre eletrocutado após utilizar o dispositivo enquanto carregava na tomada / Foto: reprodução

Com a correria do dia a dia, compromissos e trabalhos é difícil que nos desliguemos daquela ferramenta chamada celular. Mas estar “conectado” pode trazer mais riscos do que imaginamos.

Além fato de estudos científicos já comprovarem que o uso excessivo de celulares podem causar danos psíquicos e emocionais, o mal uso do dispositivo pode levar a morte.

Infelizmente isso realmente aconteceu, o Jovem Lucas Hendysson Luz de 17 anos acessava suas redes sociais quando a bateria do celular acabou. Ao ligar o carregador no aparelho e logo em seguida colocá-lo na tomada, levou um choque. Segundo a família, no momento do acidente estava chovendo e trovejando.

De acordo com o atestado de óbito, indica-se que o adolescente morreu após uma parada cardíaca, mas um laudo com mais detalhes ainda será entregue a família.

Jovem morre eletrocutado após utilizar o dispositivo enquanto carregava na tomada / Foto: reprodução

Portanto fica o alerta: NÃO USE APARELHOS DURANTE A RECARGA DA BATERIA e este aviso vale para celular e outros dispositivos eletrônicos.

Outro alerta ainda é feito em relação aos carregadores piratas, pois os produtos originais são homologados pela Anatel (Agencia Nacional de Telecomunicações). Por isso passam por testes e existe a garantia de que eles só vão fornecer energia para o celular se eles tiverem ligados ao aparelho.

Água e aparelhos eletrônicos não combinam, por isso evite o uso de celulares na tomada durante o banho, em ambientes que contenham água e até mesmo durante uma tempestade.

NÃO USE SEU CELULAR ENQUANTO O DISPOSITIVO ESTIVER CARREGANDO

Compartilhar:

Mais um caso de Febre Amarela é identificado no Paraná

SAÚDE

Desta vez, em um homem de 35 anos que não havia se vacinado, o paciente passa bem e já obteve alta do hospital.

Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta quinta-feira (14) o quarto caso de febre amarela no Estado. A pessoa infectada é de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, mas o local de infecção ainda está sob investigação. – Curitiba, 14/02/2019 – Foto: Divulgação SESA

Nesta última quinta-feira (14), a Secretária Estadual de Saúde (Sesa) confirmou mais um caso de febre amarela no Paraná. Desta vez, em um homem de 35 anos que não havia se vacinado, o paciente passa bem e já obteve alta do hospital.

A cidade onde houve este quarto caso foi em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba e agora o local está sob investigação.

O primeiro caso da febre amarela no Paraná foi na cidade de Antonina, no litoral do estado, porém o local onde deve ter iniciado a infecção pode ter sido em Guaraqueçaba.

Soube dessa? Caminhoneiro perde controle na BR 376 e morre esmagado na cabine.

Os outros dois casos já confirmados no estado, estão localizados na cidade Adrianópolis, que fica na região metropolitana de Curitiba. Esses casos são classificados como autóctones, ou seja, quando a infecção do vírus ocorre na própria cidade.

Já o número de notificações passou de 38 para 115 em todo o Estado, porém, 43 já foram descartadas como febre amarela. As demais 68 estão sendo investigadas.

Com essas ocorrências registradas desde o início do ano, todos os municípios do Paraná estão com indicação de vacinação, a única forma de prevenção da doença. A recomendação é que todas as pessoas entre 9 meses e 59 anos tomem a vacina, que só começa a fazer efeito dez dias depois da aplicação.

Se liga nessa: Rádio vai superar a audiência da TV, revela pesquisa Deloitte

Compartilhar:

Caminhoneiro perde controle na BR 376 e morre esmagado na cabine.

GUARATUBA

Vídeo de câmera da concessionária Arteris mostra acidente impressionante e carga de produto químico derramada na pista.

 

Acidente em Guaratuba / Foto: reprodução

Durou até a madrugada desta quarta-feira (13) o bloqueio das pistas de descida da serra do mar na BR 376 sentido Paraná-Santa Catarina após um acidente ocorrido no Km 668 por volta das 19 horas, num dos trechos mais perigosos da estrada logo após a divisa com Tijucas do Sul, já no município de Guaratuba.

O motorista Márcio Nogueira, 47 anos, era morador de Cruzeiro, interior de SP, e prestava serviços à transportadora Soberana. Ele era casado e tinha dois filhos. De acordo com a PRF ele estava acima do limite de velocidade permitido e não conseguiu fazer a curva, uma das mais fechadas da serra.

O caminhão transportava produtos químicos atravessou a proteção lateral e foi parar fora da pista. Com o impacto, ele morreu na hora e o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Para limpar a pista e retomar as condições de segurança, a concessionária Arteris e a PRF fizeram uma operação de durou até a madrugada desta quinta-feira (14) e mais de cinco quilômetros de filas de formaram.

Acidente em Guaratuba / Foto: reprodução

O fluxo de descida do tráfego foi bloqueado no posto da PRF às margens da represa do Vossoroca. As pistas de subida sentido Santa Catarina-Paraná não foram afetadas. Informações da PRF e imagens do vídeo comprovam que o veículo passou reto na curva, tombou e bateu na mureta de proteção. Via twitter a PRF que se formaram mais de 10 km de filas.

O corpo do caminhoneiro foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). Nas redes sociais parentes e amigos lamentaram a morte.

Acompanhe o vídeo e as fotos do acidente:

QUARTA, 14 DE FEVEREIRO DE 2019.

Compartilhar:

Rádio vai superar a audiência da TV, revela pesquisa Deloitte

RÁDIO

As pessoas realmente ainda ouvem rádio? Com certeza, e os anunciantes devem estar atentos.

Rádio vai superar a audiência da TV / Foto: reprodução

A Deloitte Global, empresa de auditoria e consultoria, prevê que a receita global de rádio chegará a US $ 40 bilhões em 2019, um aumento de 1% em relação a 2018.

Além disso, a Deloitte prevê que o alcance semanal da rádio permanecerá quase onipresente este ano, com mais de 85% da população adulta ouvindo rádio – quase 3 bilhões de pessoas no mundo todo.

A Deloitte Global prevê que os adultos em todo o mundo ouvirão uma média de 90 minutos de rádio por dia, aproximadamente a mesma quantia de 2018.

Ainda de acordo com a empresa, ao contrário de outras formas de mídia tradicional, o rádio continuará a ter um desempenho relativamente bom entre os mais jovem.

+ Prefeitura de Guaratuba investe em iluminação pública com sustentabilidade

Nos Estados Unidos, por exemplo, a empresa prevê que mais de 90% dos jovens de 18 a 34 anos ouçam rádio pelo menos uma vez por semana em 2019, e ouvirão, em média, mais de 80 minutos por dia.

Em contraste, a audiência de TV entre os jovens de 18 a 34 anos, nos Estados Unidos, está caindo três vezes em relação a taxa de audição de rádio. Nos índices atuais de declínio, de fato, os americanos de 18 a 34 anos provavelmente passarão mais tempo ouvindo rádio do que assistindo TV tradicional até 2025.

Rádio vai superar a audiência da TV / Foto: Difusora Mais FM 104.7

Anunciantes

Ao considerar a atratividade do rádio para os anunciantes, é importante notar que a popularidade do rádio varia significativamente de país para país, tanto no alcance quanto na receita gerada per capita, com os Estados Unidos e o Canadá.

Quando se fala da “indústria global de rádio”, o tamanho do mercado norte-americano – impulsionado pela grande população, o alto alcance do rádio nessa população e o alto valor per capita dos ouvintes – faz com que ela represente mais da metade de toda receita global em 2017.

Soube dessa? WhatsApp: Agora o app vai pedir permissão para adicioná-lo em grupos

A implicação óbvia de todos os aspectos mencionados acima é que o rádio não está desaparecendo, e deve ser uma grande parte do mix de anúncios para quem compra publicidade.

No entanto, a importância do rádio na publicidade pode não ser bem conhecida: um estudo de 2018 no Reino Unido descobriu que, embora o rádio tivesse o segundo melhor ROI para a construção da marca, anunciantes e agências o classificaram em sexto lugar.

Rádio vai superar a audiência da TV / Foto: rerodução

Segundo a Deloitte é preciso melhorar a disseminação da realidade por trás da resiliência do rádio.

A maioria das pessoas na indústria da mídia têm pressuposições negativas sobre a eficácia do rádio, em grande parte devido a mitos entrincheirados que denigrem o alcance do rádio e os minutos diários de escuta, sua popularidade com o público jovem e sua demografia em relação à renda e à educação.

No âmbito da mídia tradicional, os jornais impressos estão presos a uma luta contínua por lucros – e, em alguns casos, até pela própria existência.

Fique atento: Termina neste domingo, 17 de fevereiro o Horário de Verão

E embora as receitas de anúncios de TV continuem a crescer, pelo menos um pouco, o declínio da audiência da TV entre os jovens – em vários países caiu em cerca de 50% nos últimos seis a sete anos.

O rádio não tem essa crise existencial ou um precipício demográfico iminente. Em 2017, o rádio atraiu cerca de 6% dos gastos com publicidade global (cerca de 9% na América do Norte) e, em 2019, provavelmente será de cerca de 6% novamente.

Os anunciantes sabem que a publicidade no rádio precisa fazer parte de qualquer campanha.

Rádio vai superar a audiência da TV / Foto: reprodução

Fonte: Assessoria de Comunicação Aerp

Compartilhar:

Prefeitura de Guaratuba investe em iluminação pública com sustentabilidade

GUARATUBA

As luminárias instaladas na cidade possuem painéis fotovoltaicos, que captam energia solar e armazenam em baterias economizando 100%.

Painéis fotovoltaicos captam energia solar em Guaratuba / Foto: Prefeitura de Guaratuba

A Prefeitura Municipal de Guaratuba está investindo em uma nova tecnologia de iluminação pública. As luminárias autônomas estão tomando conta da cidade litorânea e economizam 100% de energia elétrica.

Isso é possível porque as luminárias possuem painéis fotovoltaicos, que neste caso captam energia e armazém as mesmas em baterias, popularmente, as mesmas são conhecidas como energia solar.

É possível encontrar algumas luminárias dessas nos seguintes locais: duas unidades na Praça da Paz e outras sete foram instaladas na Avenida Brejatuva. Várias outras ainda serão instaladas em locais estratégicos da cidade de Guaratuba, através do trabalho da empresa Guara Luz, responsável pela iluminação pública da cidade.

Pensando também em economia no consumo de energia elétrica, todos os refletores com lâmpadas vapor metálico de 1.000 Watts instalados na Orla Central, que com os equipamentos auxiliares consumiam até 1.120 Watts/hora, foram substituídos por refletores de Led de 500 e 600 Watts.

Compartilhar:

WhatsApp: Agora o app vai pedir permissão para adicioná-lo em grupos

WHATSAPP

A plataforma vem trabalhando em um sistema de solicitação que permite aceitar ou não sua participação em futuros coletivos.

Foto: reprodução

Talvez a reclamação mais recorrente de todo mundo que usa o WhatsApp é a inclusão não consentida em grupos. Às vezes, você não tem a mínima ideia por que isso tenha acontecido ou quais as pessoas estão neles. Agora, isso deve mudar: segundo o WABetaInfo, a plataforma vem trabalhando em um sistema de solicitação que permite aceitar ou não sua participação em futuros coletivos.

O Group Invitation vai funcionar como um recurso liberado nas Configurações. Ao acessar “Conta>Privacidade>Grupos”, você terá as seguintes opções em “Quem pode me adicionar aos grupos”: “Todos”, “Meus Contatos” e “Ninguém”.

Termina neste domingo, 17 de fevereiro o Horário de Verão

Assim, se liberar para “Todos”, as coisas continuam como são, ou seja, você poderá ser adicionado por qualquer um sem ser comunicado. Se escolher “Contatos”, então receberá convites sob confirmação, apenas de quem não faz parte de sua lista de contatos — com prazo de aceitação de 72 horas. Já se quiser “Ninguém”, será avisado sempre que alguém tentar adicioná-lo em algum grupo.

A funcionalidade está atualmente em fase de testes e logo deve estar disponível em versão beta para iOS. Em seguida, deve ser distribuído para todo mundo, inclusive para usuários Android, mas ainda não há uma previsão para isso.

Fonte: TecMundo

Compartilhar:

Termina neste domingo, 17 de fevereiro o Horário de Verão

VERÃO

Moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem atrasar seu relógio em 1 hora.

Horário de verão termina dia 17 de fevereiro / Foto: reprodução

O horário de verão iniciou no dia 4 de novembro de 2018 e tem seu término marcado para o próximo domingo, 17 de fevereiro. Sendo assim, moradores de 10 estados brasileiros devem atrasar seu relógio em uma hora.

+ EJA: Exame acontecerá em março e abril

Os estados listados são:

  • São Paulo

  • Rio de Janeiro

  • Minas Gerais, Espírito Santo

  • Rio Grande do Sul

  • Santa Catarina

  • Paraná

  • Goiás

  • Mato Grosso

  • Mato Grosso do Sul

  • Distrito Federal.

Horário de verão 2018 / Foto: G1
Compartilhar:

OMS está preocupada com o auto volume do áudio dos smartphones e mp3

OMS

Cerca de 50% dos jovens de 12 a 35 anos, ou seja, 1,1 bilhão de pessoas, correm o risco de perda de audição devido à “exposição prolongada e excessiva a sons altos”, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Foto: reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS), preocupada com a saúde auditiva dos usuários de smartphones e dispositivos de MP3, publicou um regulamento não vinculativo sobre o volume do áudio destes dispositivos.

Cerca de 50% dos jovens de 12 a 35 anos, ou seja, 1,1 bilhão de pessoas, correm o risco de perda de audição devido à “exposição prolongada e excessiva a sons altos”, segundo a OMS.

“Uma vez que temos o conhecimento para evitar a perda auditiva, não deveria existir tantos jovens prejudicando sua audição ouvindo música”, ressaltou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Atualmente, 5% da população mundial, ou seja, 466 milhões de pessoas, incluindo 34 milhões de crianças, sofrem de perda auditiva. No entanto, a OMS não sabe que porcentagem está relacionada ao mal uso desses dispositivos de áudio.

EJA: Exame acontecerá em março e abril

As novas regras, elaboradas pela OMS em conjunto com a União Internacional de Telecomunicações, outra agência da ONU, recomendam que os fabricantes destes dispositivos avaliem os riscos relacionados ao volume sonoro.

Estes sistemas permitem informar o usuário sobre o nível de som e a duração do áudio e para alertar em caso de perigo.

“Por enquanto, só temos o nosso instinto” que nos diz se o volume está muito alto, explicou Shelly Chadha, médica da OMS, em coletiva de imprensa em Genebra.

Foto: reprodução

“É como se você dirigisse em uma rodovia, mas sem velocidade ou limite de velocidade em seu veículo. O que propomos é que os seus smartphones sejam equipados com um velocímetro, um sistema de medição para fornecer informações sobre a quantidade de som que está recebendo e dizendo se você exceder o limite”, disse.

As novas regras, elaboradas pela OMS em conjunto com a União Internacional de Telecomunicações, outra agência da ONU, recomendam que os fabricantes destes dispositivos avaliem os riscos relacionados ao volume sonoro.

Protesto de moradores da Vila São Jorge fecha BR 277 em Paranaguá. Trânsito ficou complicado até 11h30

Estes sistemas permitem informar o usuário sobre o nível de som e a duração do áudio e para alertar em caso de perigo.

“Por enquanto, só temos o nosso instinto” que nos diz se o volume está muito alto, explicou Shelly Chadha, médica da OMS, em coletiva de imprensa em Genebra.

“É como se você dirigisse em uma rodovia, mas sem velocidade ou limite de velocidade em seu veículo. O que propomos é que os seus smartphones sejam equipados com um velocímetro, um sistema de medição para fornecer informações sobre a quantidade de som que está recebendo e dizendo se você exceder o limite”, disse.

 

Fonte: AFP

Compartilhar:

EJA: Exame acontecerá em março e abril

EDUCAÇÃO

O Exames de Educação Jovens e Adultos (EJA), será totalmente online em 272 escolas estaduais.

Foto: Arnaldo Alves / ANPr

No próximo dia 25 de fevereiro iniciará as pré-inscrições para os Exames de Educação Jovens e Adultos (EJA) Online 2019 da Secretaria de Estado da Educação (SEED).

A oportunidade é ofertada de maneira gratuita para todas as pessoas acima de 15 anos que deseja retomar os estudos para obter a certificação no Ensino Fundamental.

Prova

O exame será realizado em duas etapas diferentes, a primeira abordará as oito disciplinas do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e o participante que obter nota igual ou superior a 6,0 em todas as provas poderá solicitar sua certificação no ensino fundamental, ou declaração de proficiência somente nas disciplinas em que alcançou a média.

Protesto de moradores da Vila São Jorge fecha BR 277 em Paranaguá. Trânsito ficou complicado até 11h30

Como participar

Interessados devem ler atentamente o edital n.º 06/2019 – GS/SEED, com todas as informações sobre os Exames da EJA Online, imprimir e preencher o Requerimento de Pré-Inscrição (anexo IV do edital), e então procurar um dos 272 estabelecimentos de ensino credenciados, levando original e fotocópia de documento de identificação para realizar a pré-inscrição.

A lista completa de escolas que participam dos Exames da EJA Online está disponível em www.educacao.pr.gov.br/eja.

As provas são aplicadas ao longo do dia em computadores dos laboratórios de informática das escolas credenciadas, exceto pela redação, que é escrita em uma folha própria e corrigida por um professor no local. Elas têm duração de 1h30, exceto pela de Língua Portuguesa e Redação, que dura 2h.

+ Método inFlux garante inglês em dois anos e meio em Paranaguá

Veja as etapas para fazer os Exames da EJA Online:

1ª Etapa

Pré-inscrições: 25/02 a 13/03

Divulgação das pré-inscrições homologadas: 14/03

Realização dos exames: 28/03

Disciplinas: Língua Portuguesa e Redação, Língua Estrangeira Moderna – Inglês, Matemática, Ciências, Educação Física, Arte.

2ª Etapa

Pré-inscrições: 01/04 a 12/04

Divulgação das pré-inscrições homologadas: 15/04

Realização dos exames: 30/04

Disciplinas: Língua Portuguesa e Redação, Matemática, História, Geografia, Educação Física, Arte.

Compartilhar: