Protesto de moradores da Vila São Jorge fecha BR 277 em Paranaguá. Trânsito ficou complicado até 11h30

PARANAGUÁ

Eles bloquearam as duas pistas sentido porto desde às 9 horas queimando pneus, restos de madeira e móveis que foram destruídos pela chuva que caiu em Paranaguá na noite de segunda (11). Cinco casas foram afetadas e uma delas, de madeira, teve que ser desmontada.

Protesto na Vila São Jorge / Foto: Rádio Difusora Mais FM 104.7

Moradores da Vila São Jorge, bairro em área de risco às margens da BR 277, fecharam na manhã desta terça (12) as pistas de acesso ao pátio de triagem do porto de Paranaguá. Eles reclamam que as obras de construção do novo viaduto, no Km 5 – destinado a desafogar o trânsito de entrada e saída da cidade – passaram a provocar alagamentos sempre que chove. Eles também protestaram contra a falta de iluminação às margens da rodovia e dizem que o alto tráfego de caminhões sem proteção lateral na rodovia, traz perigo às famílias que vivem no local.

Importante: Imposto de Renda: Saiba como evitar a malha fina

Eles bloquearam as duas pistas sentido porto desde às 9 horas queimando pneus, restos de madeira e móveis que foram destruídos pela chuva que caiu em Paranaguá na noite de segunda (11). Cinco casas foram afetadas e uma delas, de madeira, teve que ser desmontada.

Protesto na Vila São Jorge / Foto: Rádio Difusora Mais FM 104.7

Operários envolvidos na construção do novo viaduto, de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) e da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) chegaram a paralisar parte dos trabalhos e se mantiveram à distância. O protesto atrapalhou o retorno de caminhões cegonha que transportam automóveis, já que esse tipo de veículo, devido ao tamanho, não passa pelo viaduto em construção. Para sair da cidade, enquanto avançam as obras, os motoristas precisam seguir até o pátio de triagem para retornar à BR 277 e seguir em direção à Curitiba.

Se liga nessa: Método inFlux garante inglês em dois anos e meio em Paranaguá

NOVOS PROTESTOS: Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da concessionária Ecovia estiveram no local. O bloqueio complicou a trânsito de saída da cidade de Paranaguá até 11h30, quando foi encerrado pacificamente. Os moradores se comprometeram a avisar a PRF com dois dias de antecedência quando realizarem um novo protesto que, segundo eles, está marcado para a próxima semana quando prometem fechar as pistas sentido Curitiba até que as reivindicações sejam atendidas.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *