Secretário de Segurança afirma que Guarda Municipal está muito mais preparada

Recebemos em nossos estúdios nesta segunda-feira (14), o  Segundo Sargento da PM (Polícia Militar) e atual Secretário de Segurança de Paranaguá João Carlos Silva que veio conversar conosco sobre a segurança pública.

“Temos percebido que o que tem aumentado muito em Paranaguá é o consumo de drogas e os homicídios. Quando eu assumi a Secretaria de Segurança algumas coisas me incomodavam quanto à guarda municipal da cidade, uma instituição com 317 guardas, porém somente 30 tinha o colete balístico e as pessoas cobravam a segurança da guarda municipal, mas ai vem àquela pergunta: como que eles vão agir para trazer segurança para a população, se nem eles mesmos tinham sua própria segurança?” Afirma o Secretário de Segurança de Paranaguá.

 

É notável que a Guarda Civil de Paranaguá esteja muito mais preparada e o ponto chave para que isso acontecesse, segundo o Secretário João Carlos, é pelo fato de todos os guardas terem passado por uma capacitação, e que a guarda municipal da cidade, possui agora, uma academia onde a mesma é referência no estado.

“Vai vir uma equipe a Paranaguá, lá de Francisco Beltrão, pois ainda nesta cidade, não possuem uma guarda municipal e eles virão até aqui para ver o modelo da nossa guarda e a nossa academia, para poder montar a estrutura deles também com uma excelente qualidade. Portanto a capacitação dos nossos profissionais era algo que tinha que ter ocorrido de imediato, até porque, os guardas ficaram muito tempo parados e sem instruções necessárias, sem capacitações.” Destaca João Carlos Silva.

Segundo o Secretário, agora a Guarda Municipal está fazendo a sua parte e até mais, em razões dos treinamentos que tiveram. Diversas apreensões são realizadas, tanto de pessoas, quanto de posse de drogas e armas.

Larry Cesar e João Carlos Silva, Secretário de Segurança Municipal.

“Tivemos uma manifestação em prol da segurança, onde achei muito positiva e válida da parte da população, pois eu fui policial durante 31 anos e nunca tinha visto isso aqui em Paranaguá, e acho que até demorou para a sociedade pedir mais segurança. Neste ultimo final de semana, conseguimos resolver três ocorrências pelo facebook e o bacana de tudo isso é que as pessoas estão dando credibilidade a Guarda Municipal. A  nossa demanda pelo 153 está muito grande e essa conecção é muito importante.” Disse Secretário de Segurança de Paranaguá João Carlos Silva.

“Quanto à operação sossego, isso já era um problema crônico da cidade, principalmente nas noites de sexta, sábado e domingo e nos arredores dos postos de gasolina, onde muitas pessoas reclamavam, inclusive nas redes sociais que eu acompanho, e sendo assim, resolvemos criar a operação sossego nos finais de semana, até porque nas saídas dos postos muitas vezes acontecem acidentes e por diversas vezes, chegamos a encontrar crianças nesses locais, o que não é permitido e a partir dai começamos a tomar medidas mais drásticas. Eu mesmo expliquei as pessoas que estavam nesses locais, que não estávamos ali para tira-los do mesmo, mas sim, para mostrara a eles que tudo aquilo poderia acontecer também se eles tiverem mais respeito e segurança.” Destaca o Secretário.

Segundo o Secretário de Segurança, agora também, os guardas estão monitorando e ainda mais com o anexo ao prédio da prefeitura que está sendo criado e com toda a tecnologia que estará disponível, farão por fim com que a Guarda Municipal consiga monitorar alguns locais da cidade, trazendo mais segurança para a população. Sobre a patrulha Maria da Penha, João Carlos nos disse que o programa já está em prática, o grupo que cuidará do programa já participou de capacitação e palestra neste final de semana, tudo isso, garantindo à mulher a proteção necessária.

“Há dois meses, mandamos uma equipe para São Paulo e lá tiveram curso com o pessoal do DENARC (Departamento de Investigação sobre Narcóticos) sendo assim, estamos focados não só na apreensão, mas também na prevenção. Já foram feitas diversas apreensões de drogas e mandados de prisão, tudo isso em prol do bem da população.” Afirmou o João Carlos Silva e ainda afirma: “Não é a justiça que falta, na verdade são as próprias leis do país que em minha opinião, deveriam ser reformuladas, nossa cadeia está superlotada e a remoção desses presidiários para Curitiba é muito difícil. A Delegacia Cidadã deve ser construída e o mínimo que o governo deve fazer é dar estrutura.” Destaca.

Claudio Rodrigues, João Carlos Silva e Larry Cesar nos estúdios da Rádio Difusora Mais.

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *