Eleições 2018: Fique ligado na troca de nomes dos partidos políticos

Na esperança de conquistar a confiança dos eleitores brasileiros, vários partidos políticos desde 2006 vem mudando seus nomes. O partido que iniciou essa mudança foi o “Partido da Frente Liberal (PFL)” que hoje é conhecido como “Democratas” e a partir dai outros partidos também começaram a fazer as suas mudanças desde 2006 até 2018.
O caso mais recente foi o do PMDB que agora é conhecido como “MDB” e assim como este, outros partidos anteriormente também mudaram seus nomes, segue a baixo a lista:

Eleições 2018: Fique ligado na troca de nomes dos partidos políticos.

Partido Progressista = “Progressistas”;
Partido Trabalhista Nacional (PTN) = “Podemos”;
Partido Trabalhista do Brasil (PT do B) = “Avante”;
Partido Ecológico Nacional (PEN) = “Patriota”;
Partido Social Democrata Cristão (PSDC) = “Democracia Cristã”;

Para o consultor e especialista em branding (gestão de marcas) Levi Carneiro, da Ideia Comunicação, de Belo Horizonte, o movimento de mudança de nomes de agremiações políticas brasileiras, embora tenha um lado positivo, inspirado em movimento iniciado em países europeus, como a Espanha, com o esquerdista “Podemos”, pode ser um tiro no pé.

“O aspecto positivo diz respeito ao questionamento que está sendo feito mundialmente, inclusive no Brasil, quanto à forma tradicional de representação política, por meio dos vários coletivos que estão se organizando além do sistema partidário e se tornando atores políticos reconhecidos”, diz.

“Por outro lado, na área de branding costumamos dizer que marca não é tapume. Não adianta mudar apenas o nome e a identidade visual de uma empresa, ou, no caso, de uma agremiação política, se ela continua com as práticas e as pessoas de sempre”, acrescenta o especialista.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *