Embarcação de Santa Catarina desaparece no Rio Grande do Sul

Equipes da Marinha fazem buscas no Litoral Sul do Rio Grande do Sul após aviso sobre o desaparecimento de uma embarcação no mar de Rio Grande, na manhã desta sexta-feira (11).

Conforme a assessoria de imprensa, o aviso foi feito por tripulantes de outro barco que navegava próximo e perdeu a embarcação de vista ainda na madrugada. No barco pesqueiro desaparecido, haveria sete tripulantes.

Ainda de acordo com a Marinha, a embarcação tem inscrição em Laguna, Santa Catarina. O barco desaparecido teria sido visto pela última vez a 15 quilômetros da Costa. O aviso foi espalhado via rádio na região.

Em nota, a Marinha explicou que mobilizou um navio, um helicóptero e uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) nas buscas.

De acordo com a Marinha, desde quarta-feira (9) havia alerta de mau tempo e ressaca nas imediações da costa gaúcha. Apesar de não ter informações específicas sobre as causas do desaparecimento, a corporação afirma que a embarcação sofreu alguma consequência dos fenômenos que eram previstos.

Alerta de ressaca

Na manhã desta sexta, uma ressaca no mar provoca ondas de até 4,5 metros em Rio Grande. A situação interrompeu as manobras de embarcações no canal de navegação que dá acesso ao Porto de Rio Grande e à Lagoa dos Patos.

De acordo com a Marinha, um alerta de ressaca se estende de Chuí, na fronteira com Uruguai, até Laguna, em Santa Catarina. A previsão é que as ondas variem entre 4 a 7 metros.

NOTA À IMPRENSA

COMANDO DO 5º DISTRITO NAVAL

 

Rio Grande, 11 de agosto de 2017

A Marinha do Brasil (MB) por meio do Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN) foi informada hoje (11), às 7 horas, segundo relato do despachante do “Dom Manuel XVI” que o barco de pesca “Dom Manoel XV” perdeu contato visual com o barco de pesca “Dom Manoel XVI”, Elas vinham navegando juntos com destino a Rio Grande–RS. A embarcação de pesca “Dom Manuel XVI” inscrita em Laguna-SC foi vista pela última vez há 15 quilômetros da costa de Rio Grande-RS, às 3 horas da madrugada de hoje, e possui 7 tripulantes.

A MB, por meio do Serviço de Busca e Salvamento do Com5ºDN, acionou o Navio-Patrulha “Benevente”, e um helicóptero do 5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, uma aeronave da Força Aérea Brasileira e embarcações próximas ao ocorrido para efetuarem as buscas. Além disso, a ação conta com o apoio da Rede Nacional de Estações Costeiras para a realização de chamadas via VHF, a fim de alertar as embarcações que navegam nas proximidades.

Com informações do globo.com e Marinha do Brasil

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *