Foto: Átila Alberti.

Casal vai parar na cadeia com drogas avaliadas em R$ 800 mil

Via Tribuna do Paraná

Um casal, suspeito de ser um dos principais fornecedores de drogas para várias partes do Paraná, foi preso no Litoral do Estado, na manhã desta terça-feira (25). A operação “Septen”, deflagrada pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), apreendeu 760 quilos de maconha, avaliados em R$ 800 mil. Além do casal, uma terceira pessoa foi presa em Londrina, interior do Estado, suspeita de ser um dos que compradores de droga dos dois. As equipes policiais apreenderam ainda, R$ 35 mil em dinheiro e uma carabina calibre 44.

 As investigações começaram há cerca de oito meses, depois que a Denarc descobriu que o casal, que morava no Litoral, era responsável pelo fornecimento da droga aos menores traficantes. Segundo a polícia, os dois atuavam somente em grandes e transações e vendiam droga não só para Matinhos, no litoral, mas também para Curitiba, Londrina e Umuarama. Com a dupla, a polícia também apreendeu um drone. “Ainda não sabemos para o que o equipamento era usado, se para uma espécie de monitoramento ou algo do tipo, mas o objeto também foi recolhido e agora vamos apurar”, explicou a delegada Camila Cecconello.

Ainda de acordo com a delegada, o casal comprava a droga em Guaíra, na fronteira com o Paraguai, e depois distribuíam. “Mantinham contato com os pequenos traficantes, que pediam a droga e eram atendidos conforme a demanda”. Os dois, segundo a polícia, possuíam várias casas, mas a residência fixa era no litoral do Paraná. Para os investigadores, a dupla movimentava pelo menos R$ 400 mil por mês em maconha.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *